Cesto (0) Fechar

O seu cesto está vazio :(
Só há uma coisa a fazer...

Conheça os nossos:

CAFÉS CHÁS EQUIPAMENTOS

A Torra

Viagens na Minha Torra

Que nos perdoem alguns clientes, mas um bom café é sempre com princípio. O princípio primordial acontece na terra, no terroir. A conjugação do solo, da altitude, do clima, dos cuidados com a planta e da própria personalidade do grão são fundamentais para a Portela.

Assim que os grãos verdes chegam ao nosso atelier industrial (situado nas profundezas da loja-mãe, na Portela) segue-se outro princípio: A torra.

Acontece todas as quartas-feiras, porque é assim que garantimos a frescura.

Pomos muito nesta arte. Preferimos uma torra sem pressas, nunca mais de 70 quilos de cada vez. No nosso processo nunca misturamos origens diferentes, os blends são criados depois, com temperaturas e tempos muito próprios, observados de perto pelo nosso provador que sente e olha a evolução do grão. É um princípio do qual não abdicamos. Durante a torra é libertada uma película a que chamamos de pele de prata, que posteriormente é usada como fertilizante agrícola. Da terra para a terra. O princípio da sustentabilidade a fazer parte da viagem.

Após cada torra, o café entra na fase de repouso, onde cada grão liberta de forma natural o dióxido de carbono contido e assumido durante todo o processo. Logo de seguida seleciona-se o lote ou cria-se o blend, embala-se e distribui-se. Todo o processo envolve uma equipa conduzida por Ângelo e Jorge Marçal.

Até que chegamos a um novo princípio, quando, cheio ou curto, com ou sem princípio, mostramos em aromas e sabores, tudo o que fizemos e aprendemos para trás, para que, em princípio, ninguém se esqueça dos cafés da Portela.